Casa da África

2011

70 m²

  • antes
  • depois
  • antes

A proposta para este Museu da África, foi pensar na vegetação oriunda do outro continente.

A escolha foi de agapanthus africanus, pennisetum setaceum e outras que definem o espírito geral da África.

Essa vegetação está bem adaptada no Brasil e desenvolveu-se muito bem aqui.

Apesar de ser um jardim simples, ele integrou-se muito bem com a arquitetura dos anos 60. Leveza e fluidez são importantes atributos para esse jardim, que oferece fruição e contemplação além de uma área de descanso embaixo da marquise com vasos de plantas tropicais e sofás para relaxar.

rua itamirindiba 30  são paulo  sp  11 3813 2067  elzaniero@terra.com.br | oitentaedois